Transporte Público para Deficientes – Agendar, Solicitar 

Como solicitar o Transporte Público para Deficientes 

Não é de hoje que as pessoas com deficiências sofrem com o transporte público, hoje em dia este assunto apenas deixou de ser um tabu, passando a ser um tema realmente discutido e em algumas regiões brasileiras até buscam soluções para melhorar a qualidade de vida desses cidadãos.  

transporte-público-para-deficientes-documentos 2019

Por esse motivo muitas regiões criaram um transporte público para deficientes, seja em forma de um ônibus adaptado para os cadeirantes ou trens, é importante que você saiba que existe sim uma lei que promove um transporte público de qualidade a todos os deficientes, o que indica que a população deve sempre cobrar essas melhorias nos transportes públicos. 

Mas o que acaba acontecendo é que grande parcela da população que possui algum tipo de deficiência não consegue receber este benefício por causa da falta de procura e informação, muitos acham complicados demais possuir os documentos necessários, outros simplesmente preferem adiar esta tarefa e por este e outros motivos muitos deixam de receber o transporte público para deficientes.  

É claro que não poderemos colocar a culpa inteira na população, já que as informações sobre o transporte público para deficientes costumam ficarem “escondidas” dentro dos sites oficiais, sem mencionar que muitos dos números telefônicos disponibilizados costumam não atender as ligações, e muitos outros problemas também dentro do atendimento direto, por conta de toda essa dor de cabeça e dificuldade muitas pessoas simplesmente preferem ignorar o transporte público para deficientes, o que contribui para as empresas continuarem ignorando o problema e deixando os deficientes sofrerem.   

O que acaba causando um problema ainda maior, já que as empresas de transportes e os órgãos de transporte público daquela região acabam não prestando atenção nestas pessoas que necessitam de um atendimento especializado.  

O transporte público para deficientes  

Quando se trata de transporte público para deficientes muitas são as dúvidas lançadas, coisas como: é totalmente gratuito? Preciso de algum documento? A onde posso receber? São as mais comuns, também incluindo questões do laudo e da RG, por conta disso separamos a vocês algumas regiões brasileiras e seus métodos de se conseguir um transporte público para deficientes  

Se você mora no Estado de Goiânia saiba que para conseguir o transporte público para deficientes você deve apresentar seu laudo médico e deixar que o sindicado de transporte realize uma perícia nele. Algo que pode demorar alguns dias.  

Caso você viva no Distrito Federal saiba que para conseguir o transporte público para deficientes gratuito deverá primeiro realizar um cadastro no posto de sistema da bilhetagem automática, sendo necessário avisar que os portadores de doenças crônicas também vão possuir esse direito. Compreenda que este cadastro deve ser refeito a cada dois anos e você vai precisar apresentar os seguintes documentos na SBA/DFTrans: 

  • Laudo Médico; 
  • RG; 
  • Comprovante de Residência; 
  • Renda familiar, será permitido até 3 salários mínimos.  

acessessibilidade-dos-transportes-públicos-600x398 2019

Já na cidade do Rio de Janeiro a gratuidade neste caso vale para ônibus, micro-ônibus e BRT, avisamos que no caso do metro você ficar atento, pois ele costuma possuir regras próprias. Então para aqueles que moram nesta região devemos avisar, assim como acontece no Distrito Federal, que a gratuidade de transporte público para deficientes também é estendida aos portadores de doenças crônicas (vírus HIV, insuficiência renal, câncer, entre vários outros).  

Então se você mora no Rio de Janeiro entenda que para a gratuidade no ônibus para deficientes você terá que preencher um formulário no CRAS da Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência, sabendo que deverá preencher com seus dados médicos informando o número do SUS, RG (ou Certidão de Nascimento) e CPF, mencionando também o comprovante de residência.  

Compreenda que após toda esta etapa você deverá esperar 60 dias e então buscar o site do RioCard para saber quando vai tirar a foto de seu cartão, lembrando que a primeira via do Rio Card para deficientes será gratuita. Caso você esteja buscando o metro saiba que deverá fazer um cadastro na Setrans e usar seu RG para embarcar, junto de um comprovante de residência.  

Para a cidade de São Paulo a gratuidade para o transporte público para deficientes pode ser dada através do Bilhete Único Especial, caso você queira receber deve ir a um dos pontos de atendimento do SPTrans levando consigo o RG (ou Certidão de Nascimento), comprovante de residência e um laudo médico, que deve ter sido retirado em um posto de saúde do Município de São Paulo.  

É importante dizer que o Estado de São Paulo vai estender o benefício de transporte público para deficientes gratuito também para os acompanhantes, mas neste caso só vai ser valido até o paciente ter 12 anos, sabendo também que no momento do cadastro você deve apresentar documentos de até 4 acompanhantes, mas somente será permitido um acompanhante por viagem.  

Se você mora na região de Recife o transporte público para deficientes fica por conta do consócio Grande Recife, então se tiver dúvidas você pode tentar ligar para 0800 081 0158. Mas lembrando que você deve dirigir-se ao Sindicado da Urbana, levando consigo os seus documentos e o laudo médico para solicitar então o Cartão Eletrônico Vem Livre Acesso. 

Para quem mora em Salvador entenda que o transporte público para deficientes será gratuito e vai funcionar da mesma forma que dos idosos, você deve buscar pelo Seteps, na qual terá que agendar atendimento no site Salvador Card e ir até o posto na qual você agendou levando os documentos que irão ser informados no site. 

Para aquele que vivem em Manus este transporte público para deficientes gratuito se dá com o cadastro no SMTU, mas para preencher você vai precisar da solicitação de um médico especialista, anexando também a RG e o comprovante de residência. Com isso você deve aguardar por um período próximo a 15 dias, é o tempo em que SMTU costuma fazer a análise e liberar a carteirinha. Caso possuir alguma dúvida busque utilizar o serviço de telefone, (92) 3632-2385. 

cadastro-para-transporte-público-gratuito-deficientes-600x386 2019

Mas se você vive em Fortaleza é bom que você entenda que as informações aqui apresentadas são para transporte público para deficientes municipal, sabendo disso basta dizer que o Cartão Gratuidade será cedido Etufor e vai valer por um ano, caso você precise de um cartão permanente seu laudo médico deve provar isso.  

Ainda sobre Fortaleza, será necessário que você apresente uma série de documentos entre eles um comprovante de residência em Fortaleza, o laudo médico que deve ser emitido por um posto da saúde pública ou por uma rede do SUS, sabendo que todos os documentos devem ser atualizados e atender também os quesitos da renda. Por este motivo sugerimos que você procure consultar o site Etufor.  

Sobre o transporte público para deficientes 

Como você pode perceber cada região brasileiras podem realizar a solicitação do transporte público para deficientes de forma bem diferente uma da outra, por esse motivo – caso a sua região não foi aqui informada – sugerimos que você procure um posto de atendimento do responsável pelo transporte público de sua região.  

Sabendo que em alguns você pode ter informações através dos sites, número telefone ou indo pessoalmente ao posto de atendimento para ter informações.  

Mais Inscrições e Cadastros em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *